Novamente na praia. Mas, com os cachorros | Bahia #4

No nosso último dia em Guarajuba aproveitamos para levar os cachorros à praia. Flapjack e Lilica nem de longe são um exemplo de cães calmos, mas, como a praia estava praticamente deserta, não custava nada levá-los.

Lilica é a mais calminha entre os dois, entretanto, certamente é a alfa: ela sempre segue na frente em tudo. Flapjack só se movimenta se ela der o primeiro passo. Já o Flap, bom, ele é doido de pedra. É um cachorro enorme que às vezes parece um urso nervoso e outras um bebê. Ele é meu favorito.


A primeira vez que tive contato com Flap — ou o conheci, se preferir — foi em meados de 2015, quando fui dar algumas palestras em Barreiras (BA). Eu já tinha sido alertada por meus amigos — e donos dele — que o cachorro poderia ser um tanto extrovertido e sem noção. Estas duas palavras nem de longe o define... ELE É BEM PIOR! Contudo, gostei dele assim que o vi. O seu tamanho pode assustar bastante, mas, mesmo todo estabanado e meio maluco é difícil não gostar dele.

Apesar de louco, Flapjack se comportou na praia. Já Lilica precisou ficar presa na correria o tempo todo.


Ficamos lá por pouco tempo, já que precisávamos voltar para Salvador. Bem, foi basicamente isto que rolou neste dia.



Nenhum comentário: